Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
    EnglishPortugueseSpanish
Início do conteúdo da página
Institucional

UFR participa de premiação aos estudantes da Olímpiada Brasileira de Matemática

Publicado: 21/06/2021 15:09 | Última atualização: 21/06/2021 15:09
blue bird

A Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) participou, neste sábado (19), da cerimônia de premiação aos estudantes mato-grossenses que tiveram destaque na última edição da Olímpiada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e Privadas (OBMEP). Também foram premiados professores e secretarias de educação do Estado. Organizado pelas Coordenações Regionais, MT01 e MT02, da OBMEP, o evento contou com as presenças da reitora da UFR, professora Analy Castilho Polizel de Souza, do pró-reitor de ensino de graduação da UFR, professor Ronei Coelho de Lima, do reitor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), professor Evandro Aparecido Soares da Silva, do pró-reitor de ensino de graduação da UFMT, professor Adelmo Carvalho da Silva, e dos Coordenadores Regionais da OBMEP/MT, Clayton Eduardo Lente da Silva e André Krindges.

A reitora da UFR, professora Analy, lembrou que “a OBMEP, há 16 anos, vem garantido o aprimoramento do Ensino Básico no nosso país, deixando uma trajetória de valorização e promoção do ensino da matemática. A UFR sente-se honrada em pertencer ao quadro de instituições que fazem história juntamente com este projeto”, finalizou a reitora. O pró-reitor de ensino de graduação da UFR também ressaltou a importância da OBMEP “para ampliar o interesse pela matemática na base, nas escolas, o que permite o desenvolvimento da educação no seu contexto mais amplo”.

O reitor da UFMT, professor Evandro, parabenizou os estudantes os profissionais de educação, bem como as escolas e secretarias premiadas.  O reitor também destacou a importância da área das exatas para o desenvolvimento da ciência, “especialmente a matemática”, frisou. O pró-reitor de ensino de graduação da UFMT, professor Adelmo, também salientou a importância da OBMEP para o desenvolvimento do ensino da matemática nas escolas públicas e privadas da Educação Básica brasileira: “a olimpíada de matemática desperta e visibiliza a divulgação de talentos em matemática”. Na visão do professor, “os resultados da OBMEP, analisados de forma crítica, podem contribuir para a melhoria do ensino e aprendizagem da matemática nas salas de aula da Educação Básica brasileiras e, ainda, na formação inicial e continuada de professores que ensinam Matemática na escola”.

O professor Clayton Eduardo Lente da Silva, coordenador da Regional MT02, estendeu os agradecimentos às Universidades envolvidas, UFR e UFMT, e destacou que “Sem o apoio destas instituições não alcançaríamos os objetivos da OBMEP pelo desenvolvimento do Ensino no país. Agradeço especialmente os alunos, professores e equipes gestoras das escolas de Mato Grosso, pois sem o envolvimento e a dedicação de cada equipe local, a OBMEP não teria a dimensão da maior Olimpíada acadêmica do mundo”.  Ressaltou ainda que a OBMEP beneficia os medalhistas com uma série de benefícios, alguns financeiros, proporcionado através dos variados programas e ações que a OBMEP desenvolve.

O professor André Krindges, coordenador da Regional MT01, destacou que a OBMEP “é um projeto de alcance nacional, que envolve anualmente cerca de 20 milhões de estudantes de ensino fundamental e médio de todo país. Viabilizada pelo (MCTI) e executado pelo (IMPA), a OBMEP revelou, estimulou e complementou a formação de inúmeros estudantes da área de ciências exatas”.

O OBMEP é um evento da Associação Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), promovida com recursos oriundos do contrato de gestão firmado pelo IMPA com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e com o Ministério da Educação (MEC). Constitui-se em uma ação exclusivamente cultural e recreativa, sendo a participação voluntária e desvinculada à aquisição de qualquer bem, serviço ou direito. É dirigida aos alunos dos últimos anos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, de escolas públicas municipais, estaduais e federais e escolas privadas, bem como aos respectivos professores, escolas e secretarias de educação, todos localizados no território brasileiro.

A OBMEP apesenta os seguintes objetivos: Estimular e promover o estudo da Matemática no Brasil; Contribuir para a melhoria da qualidade da Educação Básica, possibilitando que um maior número de alunos brasileiros possa ter acesso a material didático de qualidade; Promover a difusão da cultura matemática; Identificar jovens talentos e incentivar seu ingresso em universidades nas áreas científicas e tecnológicas; Incentivar o aperfeiçoamento dos professores das escolas públicas, contribuindo para a sua valorização profissional; Contribuir para a integração das escolas brasileiras com as universidades públicas, com os institutos de pesquisa e com as sociedades científicas; Promover a inclusão social por meio da difusão do conhecimento.

Na solenidade, 88 estudantes das escolas públicas e privadas de Educação Básica de Mato Grosso foram premiados com medalha de ouro, prata e bronze. Um (01) aluno de escola pública recebeu medalha de ouro, (76) setenta e seis alunos receberam medalha de bronze e (11) onze alunos foram premiados com medalha de prata. As premiações e menções honrosas estenderam-se aos (17) dezessete professores que ensinam matemática na Educação Básica, (26) vinte e seis Escolas e (02) duas Secretarias Municipais de Educação, Brasnorte e Tapurah.

Fim do conteúdo da página