Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Inovação

Pesquisadores da UFR registram patente para processo de recuperação de área degradadas

Publicado: 11/12/2020 17:23 | Última atualização: 11/12/2020 17:31
blue bird

Pesquisadores da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) realizaram o depósito de uma nova patente de processo de recuperação de áreas degradadas por meio de cápsulas biodegradáveis aladas dispersas por aeronave remotamente pilotada, popularmente conhecidas como drones. A inovação é fruto do trabalho colaborativo dos professores Normandes Matos da Silva e Domingos Sávio Barbosa, juntos dos mestrandos Karine Lopes e Bianca Harumi Yamaguti Garcia do Programa de Pós-Graduação em Gestão e Tecnologia Ambiental da UFR.

A utilização de drones e cápsulas de sementes aerodinâmicas permite a revegetação em curto espaço de tempo e em locais de difícil acesso de áreas que foram intensamente degradadas por desmatamento e/ou incêndios florestais, como os biomas Cerrado e Pantanal. A dispersão das sementes poderá ser feita a partir de voos manuais ou automatizados, visando o lançamento das cápsulas em locais específicos como margens de rios e encostas de morros. O processo é estrategicamente útil em ambientes degradados com grande extensão territorial (maiores que 10 hectares) de difícil acesso via terrestre, onde possa implicar riscos à integridade física de pessoas, como em locais com grandes erosões ou em encostas íngremes com risco de desabamento.

O processo inventado pelos pesquisadores também pode, de forma alternativa, ser utilizado para a dispersão de insetos, que fazem controle biológico de pragas que podem afetar lavouras ou a vegetação que está regenerando em áreas degradadas. A estimativa é um custo operacional aproximadamente 13 vezes menor que o de uma aeronave tripulada que convencionalmente realiza a dispersão área de cápsulas para reflorestamento. Além disso, o processo pode ser incorporado por empresas do setor agroambiental e por instituições públicas tais como órgãos ambientais e ministério público, para dar suporte ao cumprimento da legislação ambiental.

 

Cápsula biodegradável em formato circular, contendo sementes de diferentes espécies de plantas nativas.

 

Simulação da cápsula alada (filamentos plásticos) sendo expelida do dispensador embarcado em uma aeronave remotamente pilotada (drone)

Fim do conteúdo da página