Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Institucional

Instituto de Ciências Agrárias e Tecnológicas inicia sondagem de áreas potenciais para implantação da Fazenda Experimental

Publicado: 18/11/2020 12:58 | Última atualização: 18/11/2020 13:00
blue bird

O Diretor do Instituto de Ciências Agrárias e Tecnológicas (ICAT) da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR), professor Heinsten Frederich Leal dos Santos, e a Diretora Adjunta, professora Niedja Marizze Cezar Alves, iniciaram a sondagem de 4 potenciais áreas para a implantação da Fazenda Experimental da Universidade Federal de Rondonópolis.

Indicadas por meio de articulações políticas e com a iniciativa privada, estas terras compreendem áreas de 20 a 32 hectares, de 200 mil a 320 mil metros quadrados, em localidades próximas a universidade em um raio aproximado de 58 Km, o que facilita a locomoção dos alunos na execução de atividades práticas e desenvolvimento da pesquisa, extensão e inovação na grande área das Ciências Agrárias. No momento já foram iniciadas as sondagens de solo, visando os parâmetros de escolha, porém a localização exata delas ainda não será divulgada para evitar processos de especulação imobiliária.

Com a criação da Fazenda Experimental da Universidade Federal de Rondonópolis, novos laboratórios de ensino de graduação, pesquisa, extensão e inovação serão desenvolvidos, aumentando o potencial da região de Rondonópolis para o desenvolvimento e escalabilidade de propagação do conhecimento em sua região e no Estado de Mato Grosso.

De acordo com o diretor do Instituto, professor Heinsten Leal, o desenvolvimento do agronegócio e as demandas sociais do pequeno e médio produtor sempre serão foco nos trabalhos realizados pelo Instituto de Ciências Agrárias e Tecnológicas, considerando o quadro de excelentes profissionais e os cursos de Engenharia Agrícola e Ambiental e Zootecnia. “Este é um importante avanço do Instituto de Ciências Agrárias e Tecnológicas para a UFR, para o município de Rondonópolis e para toda a região sul do Estado de Mato Grosso”, evidencia o professor.

O curso de Engenharia Mecânica vem desenvolvendo junto ao curso de Engenharia Agrícola e Ambiental diversos equipamentos e ferramentas para o desenvolvimento das pesquisas e patentes a inovação. Com a implementação, os laboratórios dos cursos de Zootecnia e Engenharia Agrícola e Ambiental passarão por um exponencial processo de aceleração, quadruplicando o espaço atual e favorecendo o desenvolvimento dos alunos na qualidade de aprendizagem durante a graduação e nos cursos de pós graduação.

A previsão para início da implantação ainda depende de procedimentos internos da Universidade, tais como aprovações dos cursos envolvidos, Instituto, Conselho Universitário e da Procuradoria Geral da Universidade. Além disso, serão realizadas análises externas com todos os entes envolvidos no processo.

Fim do conteúdo da página