SIE promove I Semana de Inovação e Empreendedorismo da UFR

A Secretaria de Inovação e Empreendedorismo (SIE) da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) promove entre os dias 22 e 26 de novembro a I Semana de Inovação e Empreendedorismo da SIE.

O evento será um estímulo para esclarecimentos e diálogos relacionados aos compromissos da instituição em termos de inovação e empreendedorismo. Além de representantes do setor acadêmico, o evento terá a presença de profissionais do setor privado, que atuam diretamente com os temas do evento.

Na terça-feira (23), às 13h40, a diretora do Laboratório de Desenvolvimento de Vacinas do Instituto Butantan, Viviane Maimoni Gonçalves, apresenta a discussão “Vacinas contra COVID-19: panorama do desenvolvimento e programas de aceleração e acesso”. Na quarta-feira (24), às 20h, o professor Ângelo Polizel Neto e o Advogado Thiago Rocha Ayres debatem o tema “Inovação e startups no ambiente universitário”. E na quinta-feira (25), às 13h30, Raquel Moutinho Barbosa, diretora de Propriedade Intelectual da Inova Unicamp, aborda “O desenvolvimento da cultura de inovação em novas Universidades”.

Neste ano, a Semana de Inovação e Empreendedorismo da SIE será realizada de forma on-line e integrará parte da programação do Congresso de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação da UFR (Connect UFR 2021) que ocorre entre os dias 22 e 27 de novembro.

O Connect é uma realização da Universidade Federal de Rondonópolis que articula uma série de atividades ofertadas pelas unidades acadêmicas da instituição. O evento será realizado em grupos de discussão, com apresentação de trabalhos, e será gravado para divulgação posterior no canal do YouTube da UFR.

As atividades do Connect UFR 2021 serão ofertadas exclusivamente de forma on-line. A participação é gratuita e aberta para toda comunidade, de forma que estudantes de graduação, pós-graduação, servidores da universidade, e sociedade civil possam estabelecer pontes de diálogo e redes de solidariedade. Qualquer pessoa pode se inscrever nas atividades e assistir remotamente as mostras, palestras e mesas-redondas ofertadas ao longo da semana de 22 à 27 de novembro. A participação será certificada ao final do evento.

Os estudantes que tiverem dúvidas ou precisarem de outras informações a respeito da Semana de Inovação e Empreendedorismo da SIE podem entrar em contato com a Secretaria de Inovação e Empreendedorismo (SIE) através do e-mail inovacao@ufr.edu.br. Para tirar dúvidas em geral a respeito do Connect UFR ou tratar sobre problemas técnicos é possível entrar em contato com o e-mail de suporte connect@ufr.edu.br.

 

PROPGP e SIE publicam chamada interna n° 04/PROPGP-SIE/2021 – PIBIE-AF

A Pró-Reitoria de Ensino de Pós-graduação e Pesquisa (PROPGP) e a Secretaria de Inovação e Empreendedorismo (SIE) da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) tornam pública a Chamada Interna nº 04/PROPGP-SIE/2021- PIBIE- AF, com orientações para inscrição e seleção de propostas de projetos de estudantes para concessão de bolsas de estímulo ao empreendedorismo inovador na modalidade PIBIE-AF com vigência de novembro de 2021 a outubro de 2022.

 

Chamada Interna n° 04 /PROPGP-SIE/2021- PIBIE-Af

SIE divulga Edital de parcerias de desenvolvimento tecnológico, inovação e empreendedorismo

A Secretaria de Inovação e Empreendedorismo (SIE) da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) torna público o Edital de fluxo contínuo de seleção de propostas para parcerias, na área de desenvolvimento tecnológico, inovação e empreendedorismo, entre a UFR e outras instituições públicas e privadas.

O documento atende à demandas do Plano Institucional de Inovação, Empreendedorismo e Desenvolvimento Tecnológico da UFR, que é o instrumento de gestão que possibilita o cumprimento das metas estabelecidas no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI – UFR, período 2021-2025), e se apresenta estruturado em metas estratégicas, em consonância com outros instrumentos, como o Projeto Político Pedagógico Institucional (PPPI –UFR, período 2021-2025).

Para acessar o documento na íntegra, clique no link abaixo para realizar o download do Edital:

 

Edital de fluxo contínuo: parcerias de desenvolvimento tecnológico, inovação e empreendedorismo.

Secretaria de Inovação e Empreendedorismo da UFR efetiva sua primeira proteção de propriedade intelectual

A Secretaria de Inovação e Empreendedorismo (SIE) da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) efetivou sua primeira proteção de propriedade intelectual. Trata-se de um registro de software feito junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

Desenvolvido por professores e estudantes da UFR, o software é um aplicativo para dispositivos móveis, idealizado para auxiliar gestores ambientais responsáveis por Projetos de Recomposição de Área Degradada e Alterada (PRADA), que é uma das estratégias do Código Florestal, para a regularização ambiental de propriedades rurais. O aplicativo permite avaliar o desempenho de ações manejo executadas no PRADA. Essa avaliação ocorre por meio de ferramentas para a identificação e quantificação de impactos ambientais que atuam na área degradada.

Participaram desse projeto os professores Normandes Matos da Silva e Domingos Sávio Barbosa (ambos do Programa de Pós Graduação em Gestão e Tecnologias Ambientais e do curso de graduação em Engenharia Agrícola e Ambiental), o professor Roger Resmini (do curso de graduação em Sistemas de Informação), e os estudantes Jonathan Aquino (mestrando em Gestão e Tecnologia Ambiental) e Roney Costa (graduando em Engenharia Agrícola e Ambiental).

O professor Normandes Matos da Silva explicou que, dessa maneira, “a Secretaria de Inovação e Empreendedorismo inicia a estruturação da sua vitrine tecnológica, que contará com outros produtos, como patentes e marcas, por exemplo. Outro desafio da SIE é a transferência de suas tecnologias geradas para outras instituições públicas e privadas, o que apoia o chamado ecossistema de inovação e o Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil”.

Até o fim do ano passado os docentes desta universidade já haviam gerado nove patentes depositadas junto ao EIT da UFMT e dois registros de software.

Secretaria de Inovação e Empreendedorismo promove bate-papo sobre ações do investidor anjo

Na próxima quinta-feira (13), às 19h (horário de MT), a Secretaria de Inovação e Empreendedorismo (SIE) da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) promove uma live para apresentar um bate-papo com o Investidor Anjo, Marco Poli, que possui vasta experiência no empreendimento de Startups e conhecimentos especializados como investidor anjo de mais de 50 Startups, algumas delas originadas por meio de parceria com o Núcleo de Inovação da Universidade de São Paulo (InovaUsp).

Durante a transmissão, o convidado apresentará sua experiência com diversos agentes nacionais e internacionais de inovação e explicará o conceito de Investidor Anjo. Este tipo de investidor não se trata apenas de um agente que participa financeiramente junto a uma Startup, mas possui papel relevante na mentoria dos empreendedores, orientando-os diante das barreiras e dificuldades que podem surgir em meio à gestão dos negócios.

A live Ações do investidor anjo pode constituir uma oportunidade para todos os empreendedores da região de Rondonópolis (estejam eles com seus negócios consolidados, em fase embrionária, ou com apenas uma ideia inicial em mente) de conhecerem novas perspectivas de ecossistemas de inovação a fim de estabilizar e ampliar o amadurecimento de seus produtos.

A Secretaria de Inovação e Empreendedorismo (SIE) reforça o convite aos membros da comunidade universitária que possuem ideias empreendedoras provenientes de suas pesquisas acadêmicas e não conseguem vislumbrar uma maneira de torná-la um negócio viável economicamente.

A participação é gratuita e aberta ao público em geral. A transmissão será realizada por meio do canal do Youtube da UFR disponível neste endereço eletrônico. Com mais essa ação, a UFR apoia o fortalecimento do ecossistema de inovação e empreendedorismo de Mato Grosso na busca pela adequada capacitação e inclusão de mais egressos da universidade no mercado de trabalho, incrementando a cadeia produtiva regional e nacional.