Comitê de Enfrentamento à COVID-19 da UFR divulga novo Plano de Contingenciamento

O Comitê de Enfrentamento à COVID-19 da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR), no uso de suas atribuições, torna público o novo Plano de Contingenciamento da UFR. Neste documento de 60 páginas foram descritas as recomendações para utilização dos espaços da universidade por toda comunidade acadêmica durante o período de pandemia do SARS-CoV-2, independente da finalidade (Ensino, Pesquisa ou Extensão).

Embora a situação epidemiológica tenha desfavorecido o retorno presencial pleno de atividades institucionais, o plano de contingência é um instrumento imprescindível para que haja a estruturação de atividades presenciais na UFR, quando a situação epidemiológica permitir.

O cenário de intensas mudanças provocadas pela pandemia, nos diversos espaços sociais, exigiu uma reestruturação completa nas maneiras de conduzir os processos de trabalho de mais de uma centena de países pelo mundo. O impacto gerado na área da educação, tanto para estudantes quanto para as instituições de ensino, ordenou a necessidade de discussão e criação de dispositivos legais para adequação do processo educacional diante da nova realidade.

Após extensivas discussões e análises, o Comitê de Enfrentamento à COVID-19 elaborou o novo Plano de contingenciamento à COVID-19 – UFR voltado para as atividades desenvolvidas na instituição. Trata-se de um documento orientador que teve como princípios fundamentais o cuidado com a preservação da vida e da saúde, a garantia da segurança e bem-estar da comunidade universitária e a promoção de um melhor gerenciamento dos riscos frente aos dados epidemiológicos e progresso da COVID-19.

O Comitê entende que o presente documento é mais abrangente que os dois outros produzidos até então e, desta forma, solicita que os anteriores (Plano de Contingência à Covid-10 – Retorno às Atividades Administrativas Presenciais e Plano de Retorno – Período Especial para atividades práticas) sejam desconsiderados a partir da implementação do presente documento.

Confira abaixo o novo Plano de Enfrentamento à Covid-19 para a UFR:

 

Plano de Contingenciamento à COVID-19 – UFR

UFR suspende atendimentos presenciais. Atividades continuam de forma remota.

Em virtude do agravamento da Pandemia no Estado de Mato Grosso e Rondonópolis, a Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) informa à comunidade acadêmica e sociedade civil que  os atendimentos presenciais na UFR estão temporariamente suspensos.

Seguindo o Plano de Contingência à Covid-19 da UFR, os atendimentos continuarão sendo realizados de forma remota pelos servidores da instituição.

Orientamos a todos quanto a importância das medidas de distanciamento social, higienização das mãos com sabão ou álcool e utilização correta de máscaras, para que possamos contribuir com a redução das chances de transmissão do vírus.

Para mais informações a respeito do Coronavírus e suas medidas de prevenção consulte o site eletrônico do Ministério da Saúde.

Alunos de medicina da UFR realizam ação pró-vacina junto da Secretaria Municipal de Saúde

Os discentes do curso de Medicina da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) promoveram junto da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Rondonópolis uma ação de conscientização sobre a importância da vacinação contra o COVID-19, de modo a colaborar com a adesão necessária para uma boa cobertura vacinal e um bom desempenho da vacinação na cidade.

A ação ocorreu no dia 26 de fevereiro, das 8h às 16h, na Praça dos Carreiros. Durante a atividade os estudantes e profissionais também aferiram a pressão arterial dos interessados, realizando um total de 57 atendimentos individuais.

De acordo com a Gerente do Departamento de Ações Programática do município, Magda Soares, a equipe composta por técnicos do departamento e alunos de medicina da UFR esclareceram dúvidas e incentivaram a população a manter todo o cartão vacinal em dia, combatendo as fake news antivacinais.

As notícias falsas sobre as vacinas contra Covid-19 e também contra outras doenças podem atrapalhar o processo de imunização. Segundo dados do Ministério da Saúde, o Brasil perdeu a certificação de país livre da doença no ano de 2019, devido a baixa procura pelas vacinas consequência do movimento antivacina.

Os rondonopolitanos que não conseguirem ir até a praça sanar suas dúvidas, podem estar buscando auxílio na Unidades Básicas de Saúde do município, assim como atualizando a carteira de vacina.

Além disso, nos dias anteriores, foi realizada uma capacitação online sobre as Vacinas para o COVID-19 aos profissionais de saúde nos dias 23 e 24 deste mês, com aulas ministradas por acadêmicos e professor do curso de medicina na Universidade Federal de Rondonópolis (UFR).

FONTE: Assessoria da Prefeitura Municipal de Rondonópolis

Alunos de medicina da UFR promovem ação de conscientização a respeito da vacina para o COVID-19

Os discentes do curso de Medicina da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) promovem nesta semana duas ações de divulgação e conscientização a respeito da importância das vacinas para o COVID-19. A ação é uma iniciativa dos próprios alunos, com a colaboração do professor André Bacchi, do curso de Medicina da UFR, e busca compartilhar conhecimentos e combater a propagação de notícias falsas que têm gerado receio na população frente às campanhas de vacinação.

Nesta quarta-feira (24), às 19h (horário de Mato Grosso) será realizada uma capacitação online sobre as Vacinas para o COVID-19 aberta à toda comunidade, porém voltada principalmente para os profissionais e estudantes de saúde que trabalham no contexto da pandemia, visando capacitá-los para melhor orientarem a população.

Para participar basta realizar a inscrição no website do evento. A inscrição é gratuita e certificada. Após a inscrição o participante receberá por e-mail as instruções para preenchimento do formulário de certificação e o link para transmissão para a mesa de conversa.

Na sexta-feira (26), a partir das 10h, haverá uma ação presencial na praça dos Carreiros, em Rondonópolis-MT na qual os estudantes esclarecerão as dúvidas da população a respeito das vacinas, promovendo o incentivo à vacinação para o COVID-19, de modo a colaborar com a adesão necessária para uma boa cobertura vacinal e um bom desempenho da vacinação na cidade. A ação conta com o apoio da Secretária de Saúde do município.

 

Parceria UFR com Prefeitura produz Mapa da Covid

A Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) e a Prefeitura Municipal de Rondonópolis estão trabalhando em parceria para oferecer uma nova ferramenta no combate a pandemia do novo Coronavírus. A iniciativa produziu um mapeamento feito a partir das informações registradas pela Secretaria de Saúde do município e apresenta de forma planificada as regiões com maior incidência da Covid-19 em Rondonópolis.

Por meio do gráfico elaborado pelo curso de “Sistemas de Informação” da UFR é possível acompanhar os bairros nos quais mais doentes se recuperaram e os locais com mais mortes por Covid-19. Com base nesses dados, a Prefeitura do município é capaz de pensar ações estratégicas de enfrentamento e contenção do avanço da doença ainda mais eficazes para a cidade.

Nesta ferramenta, as informações são coletadas a partir do banco de dados desenvolvido pela equipe de tecnologia da informação da Prefeitura, constantemente alimentado pela Secretaria Municipal de Saúde. Esta coleta é feita de maneira automática via consulta ao banco de dados a cada atualização de tela do navegador de internet. Os dados, então, são cruzados com as coordenadas geográficas produzindo uma  representação gráfica dos pontos distribuídos pelo mapa. Estes pontos não dizem respeito ao endereço da pessoa acometida pelo Covid-19, mas a um ponto central do bairro. Portanto, todas as ocorrências do mesmo bairro estão localizadas na mesma coordenada.

É possível acessar a ferramenta por meio do sítio eletrônico da prefeitura de Rondonópolis.

UFR entrega 5mil litros de álcool gel aos municípios da Região Sul do Estado de Mato Grosso

A Universidade Federal de Rondonópolis distribuiu 5 mil litros de álcool gel para Rondonópolis e os 18 municípios da região sul do Estado. Até agora já foram produzidos mais de 10 mil litros do produto por meio de um projeto que conta com aporte financeiro do Ministério da Educação e parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)

Parte da produção será reservada para o consumo interno, nos preparativos para o retorno das atividades presenciais, além de atender as forças de segurança e instituições assistenciais filantrópicas do município, informou o coordenador do projeto de extensão “Ações UFR para o Enfrentamento à COVID-19”, professor Aristides José da Silva Júnior.

A UFR tem desenvolvido diversos projetos de apoio aos municípios da região sul de Mato Grosso durante o período de enfrentamento da pandemia causada pelo novo Coronavírus. Além da distribuição de álcool gel, as ações de parceria incluem a realização de exames RT-PCR em tempo real, desenvolvimento de respiradores mecânicos, produção de máscaras de proteção facial e a produção e distribuição de álcool gel.

 

UFR e sua atuação imprescindível no combate à COVID-19

A Universidade Federal de Rondonópolis tem atuado constantemente no combate a COVID-19 por meio de diversas ações. Até os dias de hoje, foram distribuídos mais de 6 mil Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para as unidades de saúde da região e já foram realizados muitos exames para a detecção do vírus, beneficiando diversas cidades na região sul do Mato Grosso. Além disso, a instituição contribui diretamente com o desenvolvimento de um ventilador pulmonar que será utilizado na assistência a diversos pacientes que dão entrada em pronto atendimentos ou enfermarias.

Em destaque nas mídias locais, a UFR é evidenciada por atuar diretamente no enfrentamento à pandemia, consolidando mais uma vez sua incrível relevância social, inclusive, sendo reconhecida em público pelas instituições beneficiadas.

A Reitora da instituição, Profª Drª Analy Polizel, enaltece a contribuição dos professores, técnicos administrativos e estudantes que tem arduamente trabalhado para a concretização dessas ações. Segundo ela: “A importante contribuição da universidade para a sociedade é, antes de mais nada, uma missão fundamentalmente humana frente a gravidade desta pandemia. Somos imensamente gratos pela atuação dos nossos colaboradores que incansavelmente desenvolvem essas e outras ações, a fim de construir uma sociedade melhor para todos”, ressaltou.

Termo de cooperação destina R$ 248 mil para combate à Covid-19

A Universidade Federal de Rondonópolis juntamente com o Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da 6 ª Promotoria de Justiça Cível de Rondonópolis, a Agropecuária Guarita S/A, Amaggi Importação e Exportação Ltda e a Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis realizaram Termo de Cooperação Técnica e financeira firmado nesta quarta-feira (03/06). O ato destinou R$ 248.000,00 para a aquisição de insumos necessários à automatização parcial do diagnóstico da Covid-19 em Rondonópolis. A parceria vai possibilitar o aumento da capacidade de testagem de pacientes e profissionais da saúde em mais de 500%.

Acesse a matéria completa clicando AQUI

 

Ações colaborativas às unidades de saúde

A Universidade Federal de Rondonópolis esta em constante movimentação na corrida para ajudar o sistema de saúde no combate da pandemia “COVID-19”. São diversas ações que a universidade esta colaborando direta e indiretamente com as instituições de saúde da região. No cumprimento de sua função social, a universidade busca iniciativas constantes de adaptações para manter sua funcionalidade em plena excelência de colaboração social na mais alta qualidade disponível.

Saiba mais sobre as ações da UFR:  

Em dois de seus laboratórios, estão processando análises para identificar a presença do virus nas amostras enviadas pelas as unidades de quase 20 cidades do entorno.

Foram doados mais 30 máscaras do tipo Face Shield ao Hospital Regional. Esta é mais uma de várias ações contributivas da Universidade Federal de Rondonópolis juntamente com a Associação de Médicos e Outros Profissionais de Rondonópolis (AEMPRO) no combate ao corona virus (COVID-19).

O “Projeto Maker: Desenvolvimento e produção de produtos para a área médica” ja garantiu a entrega a diversas instituições na cidade de Rondonópolis. Ao todo foram entregues mais de 200 unidades de máscaras face shield, sendo:

  • 50 para Unidade de Pronto Atendimento (UPA)
  • 15 unidades para o Centro de Reabilitação Nilmo Júnior
  • 30 unidades para o Hospital Paulo de Tarso
  • 30 unidades para o novo Hospital Municipal Cristyan Mary da Silveira e Lima
  • 30 unidades para o Hospital Regional.
  • 50 unidades para o Departamento de Assistência a Saúde da Secretaria Municipal da Saúde, distribuídos pela Secretaria Municipal de Saúde aos profissionais de atendimento básico.

Para próxima semana o projeto entregará ainda 30 unidades para o Hospital Santa Casa e mais 15 para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Segundo a Coordenadora do Projeto, Profª Drª Silmara Bispo dos Santos: “Para além dessas ações, já é previsto a produção para reforçarmos as unidades com maiores demandas, como os hospitais Santa Casa, Regional e UPA”.

Outra ação de extrema relevância social por parte da instituição, é a construção de um de ventilador pulmonar de baixo custo desenvolvido pelo Curso de Engenharia Mecânica.

Este protótipo esta na fase final de testes e poderá auxiliar pessoas com sintomas da COVID-19 no momento da espera por um respirador.

Em entrevista no jornal A TRIBUNA o Prof. Dr. Heinsten Frederich Leal dos Santos, que desenvolve o projeto junto a outros professores do curso e estudantes relatou que o projeto têm o apoio do Ministério Público de Mato Grosso, com importante auxílio do promotor de Justiça, em Rondonópolis, Ari Madeira, Segundo ele: “O respirador irá auxiliar as pessoas que dão entrada nesses locais com os sintomas, ajudando com a dificuldade de respirar, e por consequência aliviando as máquinas [respiradores] das UTIs. 

Leia esta matéria completa clicando AQUI

 

 

UFR promove desenvolvimento de soluções em saúde

Projeto idealizado pela Universidade Federal de Rondonópolis em parceria com a Associação de Especialistas Médicos e outros profissionais promove o desenvolvimento de soluções em saúde. No dia 06/05/2020 foram entregues gratuitamente  protetores faciais do tipo Face Shield para os profissionais de saúde que atuam na Unidade de Pronto Atendimento em Rondonópolis.

A Reitora Profª Dª Analy Castilho Polizel reforçou que esta ação é extremamente relevante para os profissionais que estão na linha de frente no combate à COVID-19, agradecendo por todo empenho do corpo docente e discente do curso de graduação em Engenharia Mecânica.