Universidade Federal de Rondonópolis

PPGEdu | UFR

..

Corpo Docente

Ademar de Lima Carvalho

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Mato Grosso (1988), graduação em Filosofia pela Universidade Católica Dom Bosco (1982), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (1995) e doutorado em Educação Brasileira pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2002). Atualmente é professor Associado IV da Universidade Federal de Mato Grosso. Tem experiência na área de Filosofia da educação, Pedagogia: teoria da educação e prática pedagógica, Educação Pública, com foco de atuação na Docência e pesquisa nos seguintes temas: Fundamentos da educação/ Organização do Trabalho Pedagógico na Escola: coordenação, Projeto político pedagógico e gestão democrática / Natureza da Prática Docente / Construção do Conhecimento Pedagógico/Formação permanente de professor centrada na escola/ Pedagogia e prática pedagógica na sala de aula.

E-mail: ademar.lima@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/6926944750460343

 

Aguinaldo Rodrigues Gomes

Possui graduação em História pela Universidade Federal de Uberlândia (1997), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia (2000) e doutorado em Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2015). Atualmente é voluntário do CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA E DO PATRIMÔNIO CULTURAL, docente do corpo permanente – PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS CULTURAIS, docente do corpo permanente – PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO RONDONÓPOLIS, docente da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Tem experiência na área de História atuando principalmente nos seguintes temas: História e Ditadura, Educação e Comunismo, Gênero e Sexualidade, Estudos Culturais.

E-mail: aguinaldorod@gmail.com  

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3408519048864585

 

 Carmem Lúcia Sussel Mariano

Professora Associada da Universidade Federal do Mato Grosso no curso de graduação em Psicologia e no Programa de Pós-Graduação em Educação. Possui graduação em Psicologia pela UNESP/Assis (1993), mestrado em Psicologia e Sociedade pela UNESP/Assis (2001) e doutorado em Psicologia Social pela PUC-SP (2010). É vice-líder do grupo de pesquisa Infância, Juventude e Cultura Contemporânea (UFMT). Atua principalmente nos seguintes temas: direitos da criança e do adolescente; políticas para infância e juventude; mídia, infância e ideologia; relações étnico-raciais; relações adultocêntricas; resolução de conflitos escolares; sociologia da infância; psicologia da educação; gênero, diversidade e sexualidade.

E-mail: carmem@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/6604877443132931

 

Cancionila Janzkovski Cardoso

Pesquisadora Associada da Universidade Federal de Rondonópolis e Professora Titular (Aposentada) da Universidade Federal de Mato Grosso. Possui graduação em Pedagogia (1984), pela Universidade Federal de Mato Grosso, Campus de Rondonópolis, mestrado (1995) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2000), com estágio no Institut National de Recherche Pédagogique (Paris), e Pós-Doutorado pela Universidade Federal do Paraná (2016). Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: alfabetização e letramento, história da alfabetização, leitura, cartilhas e livros escolares e memórias de professoras. Publicou os livros “Da oralidade à escrita: o processo de produção do texto narrativo no contexto escolar” (INEP/COMPED e EdUFMT, 2000); “A socioconstrução do texto narrativo no contexto escolar: uma perspectiva longitudinal” (Mercado de Letras, 2003); “O que as crianças sabem sobre a escrita?” (EdUFMT e Central de Textos, 2009); “Cartilha Ada e Edu: produção, difusão e circulação (1977-1985)” (EdUFMT, 2011), além de capítulos de livros e artigos em periódicos. Coordenou o Mestrado em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso, campus de Rondonópolis (2010-2014) e o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Mato Grosso – 2013-2016). É coordenadora do Grupo de Pesquisa ALFALE – Alfabetização e Letramento Escolar.

E-mail: cancionila@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/0310526239909234

 

Eglen Silvia Pipi Rodrigues

Professora adjunta da Universidade Federal de Mato Grosso, vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) na linha de pesquisa em Formação de Professores e Políticas Públicas Educacionais. Coordena o Grupo de Estudos em Aprendizagem Dialógica (GEAD) e também é membro do grupo de pesquisa “Políticas Públicas Educacionais e Práticas Pedagógicas. Possui pós-doutorado em Educação, graduada em Pedagogia, Mestrado e Doutorado em Educação, pela Universidade Federal de São Carlos, com estágio realizado na Espanha (Barcelona), no CREA (União Europeia) – Community of research on excelence for all, onde desenvolveu estudos sobre as bases teórico-metodológicas de Aprendizagem Dialógica e participou de projetos de investigação do Programa Marco de la Comisión Europea relacionados aos estudos desenvolvidos neste mesmo centro de pesquisa. Atualmente é coordenadora/tutora do Programa de Educação Tutorial ? PET Educação Interdisciplinar, na Universidade Federal de Rondonópolis, cuja proposta de trabalho Comunidades de Aprendizagem. Desenvolve atuações de ensino, pesquisa e extensão, vinculadas às questões sobre relações étnico-raciais, interculturalidade e diversidade, atuando nos seguintes temas: ação dialógica, ação comunicativa, didática, práticas pedagógicas, atuações educativas de êxito (grupos interativos, tertúlias dialógicas, biblioteca tutorada, inclusão digital), metodologia de investigação comunicativa, currículo comunicativo crítico.

E-mail: eglen.rodrigues@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3996413567500385

 

Elni Elisa Willms

Disponível para pesquisas sobre o brincar, saberes e práticas de educação ancestral. Autobiografia, arte e educação e literatura. Graduação em Pedagogia (1984), mestrado em Educação (2000) e Especialização em Educação a Distância (2001), pela UFMT. Doutorado em Educação (27/09/2013) pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FE-USP). Professora Associado I da Universidade Federal de Mato Grosso, no Instituto de Educação, Departamento de Teorias e Fundamentos da Educação, curso de Pedagogia. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) da Universidade Federal de Rondonópolis. Vinculada aos grupos de Pesquisa GEIFEC – Grupo de Estudos sobre Itinerários de Formação em Educação e Cultura e LAB-ARTE, ambos da Faculdade de Educação da USP; ao GEIJC – Grupo de Estudos Infância, Juventude e Cultura Contemporânea, da Universidade Federal de Rondonópolis e ao Grupo Pesquisador em Educação Ambiental, Comunicação e Arte, GPEA, da UFMT.

E-mail: elni@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/2998670515021403

 

Érika Virgílio Rodrigues da Cunha

Doutora em Educação e Pós-Doutora (com Bolsa PDJ do CNPq) pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PROPED) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), formada em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso, Mestre em Educação também pela UFMT, Professora Adjunta no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) e do Departamento de Educação da Universidade Federal de Rondonópolis. Coordenou o Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu – UFMT), Campus de Rondonópolis, de agosto de 2017 a julho de 2019. É 2ª vice-presidente da Associação Brasileira de Currículo (ABdC) e vice-presidente do GT 12 – Currículo da Regional Centro-Oeste da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED), Parecerista Ad Hoc do GT 12 – Currículo – na 39ª Reunião Nacional da Anped. Líder do Grupo de Pesquisa Políticas de Currículo e Alteridade (dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/7093986133974601) e membro do Grupo de Pesquisa Políticas Públicas Educacionais (http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/3576877638385132), na UFMT. Orienta 05 alunos de Mestrado. Suas pesquisas focalizam políticas de currículo autodenominadas democráticas. Coordena o projeto de pesquisa Sentidos de educação na edificação da base nacional comum curricular em Mato Grosso e o projeto de pesquisa Política e alteridade: produção curricular e formação de professores na escola. É professora do Departamento de Educação, onde ministra a disciplina de Currículo.

E-mail: erika.cunha@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/1583175347126296

 

Hugo Heleno Camilo Costa

Possui Licenciatura em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Mestrado e Doutorado em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (ProPEd) da UERJ. É Professor do Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal de Mato Grosso (ICHS/UFMT Araguaia) e do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) da Universidade Federal de Rondonópolis. É coordenador do Núcleo de Estudos em Currículo, Cultura e Subjetividades (NECSUS), pesquisador do Grupo Políticas de Currículo e Cultura (PROPED/UERJ) e do Laboratório de Ensino/Pesquisa em Geografia do Araguaia (UFMT). Atualmente é vice-coordenador do GT Currículo da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (2019-2021), membro da Câmara de Pós-graduação e Pesquisa da UFMT, da Associação Brasileira de Currículo (ABdC) e da International Association for the Advancement of Curriculum Studies (IAACS). Seu foco investigativo está nas políticas envolvidas no debate sobre conhecimento, subjetividades e currículo. Possui publicações qualificadas no Brasil e no exterior. Atua como docente nas áreas de Pedagogia e Licenciaturas, especificamente nos campos: Currículo, Educação em Geografia, Didática e Estágio Supervisionado. Tem experiência no desenvolvimento de projetos de formação continuada com professores em redes municipais e estaduais. Seus trabalhos articulam os seguintes temas: Políticas de Currículo, Política Educacional, Conhecimento, Ensino de Geografia, Desconstrução, Teoria do Discurso, Integração Curricular, Interdisciplinaridade. Suas pesquisas contam com financiamento do CNPq, Fapemat e UFMT.

E-mail:  hugoguimel@yahoo.com.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/0377631022122389

 

Leila Cristina Aoyama Barbosa Souza

Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Mato Grosso (2004), Mestre em Ensino de Ciências pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2010), Doutora em Educação Científica e Tecnológica pela Universidade Federal de Santa Catarina (2016). Vencedora do Prêmio CAPES de Tese – Edição 2017 – Área Ensino. Membra da Associação Brasileira de Ensino de Biologia (SBEnBio), do Conselho Deliberativo da Diretoria Regional 1 (SBEnBio/R1) e da Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC). É professora da área de Biologia na Escola Técnica Estadual de Educação Profissional e Tecnológica de Rondonópolis (MT), vinculado à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia de Mato Grosso – SECITEC/MT, desde 2005. Pesquisadora colaboradora dos grupos de pesquisa: Grupo de Investigação no Ensino de Química (GIEQ/UFSC) e Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação em Ciências (GEPEC/IFMT). Professora credenciada do Programa de Pós Graduação em Educação (PPGEDu) da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR). Desenvolve pesquisas no campo dos estudos CTS/CTSA (ciência, tecnologia, sociedade e ambiente). Coordena projeto de pesquisa sobre abordagens de questões sociocientíficas articuladas à Educação Profissional, sob financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (FAPEMAT), período 2018-2021.

E-mail: aoyama.leila@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3657542832112382

 

Lindalva Maria Novaes Garske

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Mato Grosso (1986), Mestre em Educação Pública pela Universidade Federal de Mato Grosso (1998), Doutora em Educação Brasileira pela Universidade Federal de Goiás (2006) e Pós-Doutora em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (2016). Professora associada da Universidade Federal de Mato Grosso. Coordenadora de Ensino do curso de Graduação em Pedagogia/ICHS/CUR/UFMT (2007-2008). Diretora do Instituto de Ciências Humanas e Sociais/ICHS/CUR/UFMT (2009-2012). Secretária Municipal de Educação/Rondonópolis/Mato Grosso (1998-2000). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em política educacional, gestão escolar, movimentos sociais e educação e educação do campo. Professora e Vice-Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação/PPGEdu, do Campus Universitário de Rondonópolis/UFMT (2014), membro do Grupo de Pesquisa em Educação Ambiental – GPEA e Líder do grupo de pesquisa Políticas públicas educacionais.

E-mail: lindalva@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/1703129875647473

 

Merilin Baldan

Graduada em Pedagogia (UFSCar, 2008), Mestre em Educação Escolar (FCLAr/UNESP, 2011) e Doutora em Educação (UFSCar, 2015) com período de estágio de doutorado sanduíche na Universidade Católica de Leuven (KU Leuven, 2013), sob a orientação da Professora Alessandra Arce e co-orientação do Professor Marc Depaepe. Professora Adjunta do Departamento de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação, na Universidade Federal do Mato Grosso, no Campus Universitário de Rondonópolis. Membros dos grupos de Pesquisa Formação Humana, Teorias Educacionais e Políticas Públicas – FORTEP (UFMT/CUR; UFR) e Grupo de Pesquisa em História da Educação e Educação Infantil (UFSCar). Pesquisas na área de Fundamentos da Educação, Ensino de História e Geografia e Políticas Públicas Educacionais.

E-mail: merilin.baldan@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/1459099126062848

 

Nivaldo Alexandre de Freitas

Graduado em Psicologia (2002) e Filosofia (2009) pela Universidade de São Paulo; Mestre (2006) e Doutor (2013) em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Professor adjunto da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR – MT), no Curso de Psicologia e no Programa de Pós-Graduação em Educação. Atuou como Coordenador de Ensino de Graduação do Curso de Psicologia da UFR entre 2018 e 2020. Sua área de pesquisa é Psicanálise, Educação e Teoria Crítica e seus temas de pesquisa são: Psicanálise e literatura no estudo do indivíduo; ideia de formação do indivíduo em teorias psicológicas e educacionais; informática e educação inclusiva.

E-mail: nivaldo@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/7697583593525598

 

Priscila de Oliveira Xavier Scudder

Docente no Programa de Pós-Graduação em Educação e no Departamento de História da Universidade Federal de Mato grosso – UFMT/ICHS/CUR Doutora em Educação – UFMT. Tema da Tese: “A Arte de Viver em Cubículos: Um ensaio Auto/Otobiográfico com Nietzsche e Prisioneiros Sobre a Prisão.” Mestre em História – UFMT. Tema da Dissertação: “Pomeri – Espaço de Reclusão – Máquina de Guerra: O Cotidiano de uma Instituição de Fechamento para Adolescentes em Conflito com a Lei” . Graduada em História – Licenciatura Plena pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Tema de Monografia: “O Papel do Mito no MST”. Membro da Associação Brasileira de Pesquisadoras (e) Negras (os). Membro do Movimento Negro de Rondonópolis. Autora do Livro: “Pomeri: Espaço de Reclusão Máquina de Guerra”, de diversos capítulos de livros e artigos. Experiência na área de História, Educação, Antropologia e Sociologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Poder, Prisões, Adolescentes em Conflito com a Lei, Juventude Negra, Racismo, Genocídio, Saberes Ancestrais.

E-mail: apriscilaxavier@gmail.com

Lattes: http://lattes.cnpq.br/0398916634930816

 

Raquel Gonçalves Salgado

Possui graduação em Formação de Psicólogo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992), Licenciatura em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1993), mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1998) e doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2005). Realizou, também, doutorado sanduíche, durante seis meses, no Centre for the Study of Children, Youth and the Media, do Institute of Education, da Universidade de Londres. Tem pós-doutorado em Psicologia pela Universidade Federal Fluminense (2019). É Professora Associada da Universidade Federal de Rondonópolis, e atua no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) e no Curso de Psicologia. É líder do grupo de pesquisa “Infância, Juventude e Cultura Contemporânea” (GEIJC). Foi vice-coordenadora do GT-07 – Educação de Crianças de 0 a 6 Anos, da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd), de 2015 a 2019. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia do Desenvolvimento, atuando com os seguintes temas: infância; gênero; sexualidade; memórias de infância; violências de gênero; cultura contemporânea; educação infantil.

E-mail: raquel.salgado@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/1165554868380123

 

Rosana Maria Martins

Possui graduação em Pedagogia pela Faculdade de Educação Ciências e Artes Dom Bosco de Monte Aprazível (1985), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (2012) e doutorado em Formación del Docente Universitario pela Universidade de Extremadura (2006), convalidado pela Universidade do Minho (2013) e UNICAMP (2015) e doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (2015). Professora da Universidade Federal de Mato Grosso no Departamento de Educação e no Programa de Mestrado em Educação. É vice-coordenadora do Grupo de Pesquisa InvestigAção. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação de Professores, atuando principalmente nos seguintes temas: professor iniciante, narrativas (auto)biográficas, identidade docente, memoriais de formação e comunidade de aprendizagem online.

E-mail: rosana.martins@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/0099631864718875

 

Sandra Regina Franciscatto Bertoldo

Professora Categoria Adjunto III na Universidade Federal de Rondonópolis, no Departamento de Educação e no Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGEDU/UFMT/CUR. Licenciada em Letras – Português, Inglês e Respectivas Literaturas, pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – URI (Frederico Westphalen/RS), com especialização em Língua Espanhola, Literatura Hispanoamericana e Espanhola pela UNOESC (Xanxerê/SC) e em Gestão de Pessoas (FACSUL/CESUR/Rondonópolis). Possui mestrado e doutorado em Letras pela Universidade de São Paulo – USP. É membro do grupo de pesquisa Alfabetização e Letramento Escolar (ALFALE) no PPGEdu/UFMT/CUR. Atua nas áreas de Letras e Educação, com ênfase nas discussões que envolvem aquisição e apropriação da língua materna, alfabetização e ensino-Aprendizagem de línguas estrangeiras. Possui experiência em formação de professores das áreas acima descritas.

E-mail: sandra.franciscatto@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/9412354367060943

 

Sílvia de Fátima Pilegi Rodrigues

Possui graduação em Letras e em Pedagogia, mestrado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (1998) e doutorado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2004). Realizou seus estudos de pós-doutoramento na UNESP – Faculdade de Ciências e Tecnologia, Câmpus de Presidente Prudente (2018), sob orientação da professora Renata Junqueira de Souza. Atualmente é professora Associado IV da Universidade Federal de Rondonópolis e trabalha nos cursos de Pedagogia e Mestrado em Educação pelo PPGEdu/ICHS/UFR, sob sua Coordenação no biênio 2019-2021. Sílvia Pilegi Rodrigues tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino e Aprendizagem na Sala de Aula, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, práticas e estratégias de leitura, literatura infantil e alfabetização. Ela é vice-líder do grupo de pesquisa ALFALE – Alfabetização e Letramento Escolar (UFMT) e participa do grupo de Formação de Professores e as relações entre as práticas educativas em leitura, literatura e avaliação do texto literário (UNESP).

E-mail: silvia.pilegi@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/4246647189370104

 

Simone Albuquerque da Rocha

Possui graduação em Pedagogia. Cursou Mestrado e Doutorado na Universidade Estadual Paulista (UNESP) Júlio de Mesquita Filho (1996-2001) e Pós-Doutorado na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo em 2011 com Marli André. Atualmente é professora Titular da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR). Desenvolve pesquisa na área de formação de professores, abordando a identidade e profissionalidade docente em narrativas de formação memoriais, diários de formação e casos de ensino. Investiga também, políticas públicas educacionais, projetos e programas de formação de professores na modalidade presencial e a distância. É líder do Grupo de Pesquisa InvestigAção/CNPq, e foi coordenadora de projeto do Observatório da Educação/CAPES/INEP/SECADI (OBEDUC) no PPGEdu/UFMT 2013/2017. Participa da pesquisa em rede cadastrada no CNPq com a coordenação de Marli André, que investiga Processos de Indução a Professores Iniciantes nas escolas públicas de educação básica em diferentes estados brasileiros, respondendo pelos dados em MT. É consultora da Secretaria de Estado de Educação/SEDUC de MT para a revisão e atualização da política de formação continuada de professores para o estado de Mato Grosso. Lidera/coordena programa de formação continuada do PPGEdu/UFMT com as redes públicas de ensino em Rondonópolis/MT com professores iniciantes há 5 anos, o qual dá continuidade a proposta relevante do OBEDUC para a formação continuada de professores iniciantes e experientes, atualmente em fase de ampliação para o estado de MT. Foi eleita, pela segunda vez para a gestão do Programa de pós-Graduação em Educação da UFMT/Campus de Rondonópolis, assumindo a vice coordenação. Atualmente, é vice-coordenadora do GT8/Anped Centro Oeste.

E-mail: simone.albuquerque@ufr.edu.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/6364731326374137