Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Institucional

UFR participa de reunião com líderes regionais do sudeste de Mato Grosso

Publicado: 18/02/2021 16:18 | Última atualização: 18/02/2021 16:18
blue bird

Nesta terça-feira (16), a Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) marcou presença na reunião com os novos prefeitos dos municípios e líderes regionais do sudeste do Estado de Mato Grosso. O encontro foi realizado a convite do senador Welington Fagundes, no escritório político que o parlamentar mantém em Rondonópolis. O objetivo da reunião foi articular a aproximação entre os gestores públicos, representantes municipais e a Universidade Federal de Rondonópolis para ouvir suas demandas e, se possível ,transformá-las em projeto e ações, uma vez que o orçamento anual federal deve ser aprovado até o mês de março.

A reitora da UFR, professora Analy Castilho Polizel de Souza, e a vice-reitora da instituição, professora Antonia Marilia Medeiros Nardes, participaram da reunião a convite do senador. Na ocasião, a reitora declarou que “a universidade Federal de Rondonópolis, desde sua criação tem apoiado a sociedade diretamente e através de inúmeras parcerias com diversos órgãos e instituições públicas das diversas esferas e poderes com intuito de desenvolver ações capazes de contribuir com o desenvolvimento local regional. Consideramos que isso seja parte da nossa missão, da nossa função social, estar presente, sempre pronta a formar parcerias e executar projetos que busquem soluções inovadoras para atender demandas pontuais e trazer o desenvolvimento regional.”

Em entrevista ao portal AgoraMT, o senador Wellington Fagundes aproveitou a oportunidade para ressaltar a importância da UFR no contexto regional, afirmando que “a Universidade Federal de Rondonópolis é a segunda universidade criada no Estado de Mato Grosso. Ela já está implantada […] e passa a ter a capacidade de poder atender, de criar novos cursos, de implantar seus campus. É um trabalho de curto, médio e longo prazo que estamos fazendo”, declarou o senador.

 

 

Fim do conteúdo da página